BNDES e Ministério do Turismo tem linha de financiamento para hotéis para a Copa do Mundo

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Ministério do Turismo anunciaram novas condições para financiamento a hotéis com vistas aos preparativos para a Copa do Mundo de 2014.

A principal notícia é a destinação inicial de R$ 1 bilhão para o programa denominado BNDES ProCopa Turismo.

O governo pretende estimular reformas e construções de hotéis para aumentar a eficiência do ponto de vista energético, bem como no tratamento de resíduos e uso da água. Além de manter os financiamentos a hotéis sem certificações, foram criadas as categorias de hotel com "eficiência energética" e "sustentável".

Os que estiverem inseridos na primeira classificação poderão financiar até 80% do investimento em prazos para pagamento de até 15 anos para construção e até 10 anos para reformas.

Os que possuírem certificação de sustentabilidade terão prazos de financiamento de até 18 anos para construção e até 12 anos para reformas.

Nas 12 cidades sede da Copa do Mundo, o BNDES receberá diretamente projetos de hotéis a partir de R$ 3 milhões. Normalmente, o BNDES só trabalha diretamente com projetos a partir de R$ 10 milhões.

Fonte: Agência Estado.