Artigo Científico: Meio Ambiente Construído e Sustentabilidade – O Habitat Ecológico

Dando continuidade às ações da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) para difusão da inovação tecnológica e da sustentabilidade no setor da construção, a entidade divulgou nesta quarta-feira, dia 3 de agosto, mais um artigo científico.

Intitulado “Meio Ambiente Construído e Sustentabilidade – O Habitat Ecológico”, o artigo destaca que grande parte da população está direta ou indiretamente integrada ao capitalismo, por meio de mecanismos macro-econômicos de políticas monetárias, da dívida e do preço das matérias primas.

A esse contexto, acresce que a maioria dessa população vive em cidades. São 180  cidades com mais de um milhão de habitantes evoluindo para 550 em 2015, com crescimento diário de um milhão de novos moradores.

A reprodução do espaço globalizado, que se baseia em centros urbanos conectados em rede, transpõe a noção de territorialidade/nacionalidade e orienta investimentos financeiros em nível internacional, desvinculando a dinâmica de crescimento das mega cidades do desenvolvimento local.

O trabalho parte da caracterização da evolução do conceito de sustentabilidade na agenda internacional e brasileira e como o desenvolvimento sustentável se incorporou às práticas político-administrativas do planejamento urbano, abordando algumas experiências bem sucedidas no âmbito das políticas públicas no Brasil.

Os resultados do trabalho se devem a um estudo da bibliografia corrente, relatórios e documentos de trabalho de organismos internacionais e grupos de discussão realizados sob os auspícios do Programa de Planejamento Energético  da COPPE/UFRJ, 2007.